domingo, 1 de março de 2015

O poder de decisão de Daniel

(Texto base: Daniel 1:1-20)

Apesar de grande, a Bíblia é livro bastante enxuto. E, quando vamos ler alguma coisa nela escrita, precisamos orar e pedir para que Deus fale conosco. Porque se lermos como a um livro qualquer, de fato, não fará muito sentido.

O livro de Daniel é um desses livros curtos, mas cheio de coisas que exigem uma mente atenta para entender todo o contexto.

Quando Jerusalém foi invadida, e Daniel e seus amigos foram levados como prisioneiros, eles tinham a idade entre 14 e 16 anos.

Para os curiosos de plantão, a Babilônia era um país completamente diferente do que eles estavam acostumados. A cultura daquele país era completamente diferente, desde a religião e ao modo de se vestir, até a forma de governo e alimentação. Nada se parecia com o que eles haviam conhecido até então.

Porém, Daniel sabia quem ele era aos olhos de Deus (1 Pedro 2:9) e, por isso, decidiu firmemente não se contaminar, ou seja, não abandonar aquilo que mais tinha valor para ele - sua amizade com Deus.

O rei da época (Nabucodonosor) queria moldar aqueles jovens de acordo com o que julgava importante. Além de ser puros, sem defeito físico, tinham que estudar, vestir e comer o que o rei determinava - até seus próprios nomes foram mudados.

E eu acho muito curioso quando comparamos essa situação de Daniel com a de muitas pessoas hoje em dia. Porque a sociedade ou o meio em que vivem e frequentam exigem as mesmas coisas.

Muitos só são aceitos se tiverem uma boa aparência (e vestem-se sem pudor e vulgarmente na tentativa de se aceitarem), se fizerem o que o grupo de amigos faz, mudando muitas  vezes sua própria identidade, sua forma de agir, desrespeitando seu próprio corpo, fazendo dietas descabidas (que vão desde 'greves de fome' até o uso abusivo de suplementos), tendo relações sexuais com várias pessoas só para ser popular, usando drogas, cigarros, bebida... tudo para preencher um vazio, tudo para ser aceito e "amado" por alguém - que, no final, não se importa com nada nem ninguém.

E, como Daniel, não podemos abrir mão daquilo que Deus preparou para nós (1 Corintios 2:9)!

Por não se contaminar com o que lhe ofereceram, Daniel não deixou de ser quem era e nem se influenciou pelo que os outros pensavam dele. Ele continuou sendo amigo de Deus e O buscava três vezes ao dia e, mesmo correndo risco de vida, nunca deixou suas convicções de lado.

Ele estudou e ampliou seus conhecimentos não para se orgulhar, mas para ter a mente aberta sem nunca deixar ser enganado por ninguém. Mais do que cuidar da aparência, Daniel cuidava de seu espírito e de seu caráter, e nunca deixou de ser íntegro.

A decisão de Daniel teve um desdobramento incrível e Deus o honrou por isso, de forma que ele, um simples escravo, passou a ser a terceira pessoa mais importante de todo o Império Babilônico! Leis foram criadas e mudadas por causa de Daniel!

E se basearmos nossas decisões como Daniel? Aonde será que Deus vai nos levar...?
Romanos 12:2

Tenham uma ótima semana!
:-)

domingo, 22 de junho de 2014

Descubra por si mesmo!


Um dia uma pessoa me perguntou como Deus é. Eu tentei descrevê-Lo e encontrei algumas palavras.

A voz de Deus é doce, é uma voz de amor. Ele não muda, Ele permanece o mesmo, o Seu amor não tem fim e as Suas misericórdias se renovam todos os dias.

Seu braço é forte para nos proteger e nunca está encolhido para receber quem O ama e O busca. Não importa o que fizemos no passado, o amor de Deus sempre será maior do que nossos erros e Ele sempre está disposto a começar uma nova história em nossas vidas - Ele é muito criativo e adora puxar uma vírgula onde havia um ponto final e continuar a história. Aliás, já falei que Ele é especialista em finais surpreendentes?

Pois é! Em sua infinita sabedoria, Yahweh faz coisas loucas para confundir os sábios. Ele é imprevisível! E adora nos dar grande surpresas para provar quanto nos ama. Esse amor muitas vezes chega a me constranger, porque eu não acho que mereço nem metade dele, de tão grande, profundo e intenso que ele é!

Acho que esse é um dos motivos desse blog existir. Aqui eu sempre tento falar das experiências que tive com Deus e o que aprendi com Ele. Eu me converti aos 12 anos de idade. Muito tempo já se passou desde então e diariamente eu aprendo alguma coisa nova sobre Deus. Ele insiste em me surpreender todos os dias!

Enfim... eu anseio que todos nós possamos mergulhar de cabeça neste amor, entregar para Deus o livro de nossas vidas para que Ele escreva uma grande história, e que busquemos a Deus não por interesses pessoais, mas pelo desejo de ser Seus melhores amigos.

Quando a gente tem Deus como um amigo muito louco, é sempre um barato caminhar com Ele para todos os lugares! Simplesmente porque Ele sempre faz acontecer as coisas mais incríveis e porque Ele sabe fazer tudo ser bem mais legal!

Resumindo, Deus não é um chaveirinho que se leva pendurado nas mochila. Ele é a aventura mais louca do mundo que fará cada dia das nossas vidas ter sentido!

A minha dica pra você é essa: não se preocupe tanto com o que as pessoas falam. Descubra por si mesmo como Deus é bom! (Salmo 34:8)

Tenham uma ótima semana! :-)

segunda-feira, 16 de junho de 2014

O Quadro Antigo da Parede de Barro

 
Aconteceu em 2001 ou 2002. Eu ainda estava no colégio. A minha igreja havia começado a fazer reuniões semanais em uma comunidade carente e, junto com o estudo bíblico, distribuíamos roupas e alimentos.

Havia uma senhora que nunca faltava às reuniões. Vez ou outra, nos reuníamos na casa dela para orar.

A casa daquela senhora era um barraco, as paredes foram erguidas com tábuas e barro. O próprio chão era terra batida, sem nenhum tipo de cimento ou fundação. Aquela velhinha morava só, não tinha parentes que pudessem lhe ajudar ou cuidar dela. Era sozinha em tudo.

Apesar disso, ela era uma pessoa incrível! Sempre com um sorriso no rosto, sempre disposta a fazer um cafezinho em sua antiga chaleira e coador, sempre com um abraço gostoso e uma alegria contagiante. Tudo isso mudava todo aquele cenário de pobreza pois, em seu espírito, ela era muito rica. Mas foi numa noite em que tudo mudou.

A reunião havia acabado e estávamos conversando. Foi quando um de nós olhou para um quadro antigo que a velhinha tinha pregado em uma das paredes. Era uma moldura simples, mas nele havia uma carta.

Enquanto conversávamos, algo chamou a atenção desse meu amigo, que interrompeu a conversa, meio pálido, querendo saber mais sobre aquele quadro.

A velhinha então contou que foi cuidadora de outra senhora idosa, que era bastante rica. Ela havia cuidado daquela senhora com muito amor (aliás, não havia uma pessoa que ela tratasse diferente). Pouco tempo antes de morrer, aquela senhora a chamou e entregou uma carta. Ela disse que era uma carta escrita com todo seu coração, para agradecer por todo o cuidado que ela havia recebido nos últimos anos de sua vida.

Conforme ela narrava a história, meu amigo ficava ainda mais pálido e impaciente. Enfim, não se conteve:
- E a senhora sabe o que está escrito nesta carta que a senhora colocou na moldura do quadro???

E, para surpresa de todos, aquela humilde velhinha respondeu que não sabia ler e que, em todos aqueles anos, nunca soube o que estava escrito na carta, mas que se sentia muito feliz quando olhava para ela e se lembrava da senhora de quem cuidou.

Foi quando nosso amigo, impaciente, agitado e muito feliz ao mesmo tempo, disse a ela:
- Essa carta é um testamento!! Aquela senhora deixou uma herança para você!!

Foi como ganhar na loteria!! Ninguém sabia se ria, se chorava, se pulava, se pegava o quadro, se tirava a carta, se saía correndo, se saía gritando, se não contava pra ninguém, se ligava pra todo mundo....!! Foi um "forrobodó"!! (risos)

E eu estava me lembrando disso ontem de manhã, durante um culto na igreja. Eu havia perguntando quantas pessoas já haviam lido a Bíblia, pelo menos uma vez. Ninguém levantou a mão. Ninguém.

Sabe? Se você pegar e abrir sua Bíblia no índice, vai ver que há uma divisão em duas partes: Antigo Testamento e Novo Testamento. Testamento é herança. Testamento é Promessa. E o melhor é que é um testamento de Deus diretamente para nós.
 

A Bíblia é a coisa mais próxima de Deus que temos aqui na Terra. Ela nos mostra quem é Deus e nos ensina sobre Ele e sobre quem somos. Quando não lemos a Bíblia, somos como aquela velhinha.

Deixamos a Bíblia em cima da mesa, aberta em alguma passagem bíblica conhecida, mas não fazemos idéia do que está lá. Não fazemos idéia da herança que Deus preparou para nós. E deixamos de usufruir da nossa herança pelo simples fato de TER um testamento e jamais LÊ-LO.

Aquela velhinha teve ajuda e conseguiu sua parte de herança. Ela teve uma incrível mudança de vida: comprou uma casa e mudou-se para outro lugar. Nunca mais a vi, mas nunca esquecerei de seu sorriso naquela noite.

Talvez você seja como aquela velhinha: nunca leu a Bíblia, ou quando lê não entende nada, e não faz idéia do que há nela. E está passando por situações que não precisaria passar se soubesse o que está escrito, e o que Deus preparou para você.

Eu desafio você nesta semana a ler pelo menos um capítulo da Bíblia por dia. Há vários sites na internet que oferecem roteiros de leitura diária. Procure seguir um deles ou faça o seu próprio.

Antes de ler, peça para que o Espírito Santo de Deus te ensine e te ajude a entender as escrituras (João 14:26). Peça também para que Ele te ajude a ouvir o que você precisa aprender, e busque estar sensível e atento ao Senhor, porque Ele fala de várias formas!

Vá também em uma igreja. Lá você irá aprender mais sobre a Palavra de Deus e sobre quem Ele é.

Que Deus te abençoe muito! Tenha uma ótima semana! :-)
 

sábado, 7 de junho de 2014

Quando a gente termina a faculdade

Olá, pessoal!!
Tudo bem??

Caramba, como andei sumida!

Nestes últimos meses as coisas foram bastante corridas. Este foi o último semestre da minha graduação, tive algumas pesquisas para realizar, provas, imprevistos...

Sabem... eu demorei bastante para me formar. Bem mais do que eu esperava. Tantas coisas aconteceram...

Apesar disso, acredito que estou saindo da faculdade não apenas com uma bagagem de conhecimento teórico, mas uma bagagem de conhecimento que vai para a vida toda.

Aprendi que podemos fazer escolhas boas e erradas. A questão é que elas sempre terão uma consequência e é necessário saber se vale a pena ou não. E, se a escolha feita tiver sido errada, vamos logo pensar num plano B que nos ajude a corrigir a rota e a colocar nossos objetivos novamente no alvo.

Aprendi também que na faculdade vamos encontrar todo tipo de gente. Dos revolucionários aos hippies, dos espiritualistas aos materialistas, dos filósofos aos competitivos, dos desleixados aos perfeccionistas. Gente de todo tipo. E sabe qual é a parte principal? Você nunca pertencerá a um único grupo e, com certeza, terá que interagir com toda essa galera, concorde com sua filosofia de vida ou não.  Após a faculdade, você nunca mais verá nenhum deles, ou talvez consiga amigos que estarão com você por toda a vida.

A faculdade é lugar de muito aprendizado. Lugar de aprender o que deve ser feito e como deve ser feito. Como devemos pensar, como devemos buscar soluções e também levantar novas questões que produzam uma mudança significativa. É lugar de escolher o que queremos ser e o que não queremos.

Faculdade também é lugar de ganhar e lugar de perder. E cabe a nós escolher quais serão nossas vitórias e nossas perdas. Podemos escolher ganhar o mundo inteiro, podemos escolher ganhar um emprego melhor, podemos escolher ganhar à custa dos outros. Ou podemos escolher perder amizades que não levarão a lugar nenhum, escolher perder oportunidades, escolher perder preconceitos e opiniões enganosas.

Em minha faculdade, tínhamos aula todos os dias até 22:45 e tínhamos aula no sábado às 7:30 da manhã - pontualmente!! E se chegávamos atrasados, o tempo do atraso era considerado como tempo de falta - e podíamos ser reprovados por causa disso.

Então, nas sextas-feiras, eu chegava em casa bem tarde e ia dormir com a roupa que ia usar no dia seguinte. Assim que o despertador tocava, eu apenas me levantava, calçava o tênis e ia correndo pegar o ônibus para chegar na faculdade à tempo. Algumas (muitas!) vezes eu esqueci de pentear o cabelo antes e sair de casa, hahaha! E diversas vezes dormi no ônibus e fui parar em outro município! Teve um dia que demorei quatro horas para conseguir chegar em casa, de tão longe que fui parar!!

Diplomas nunca poderão dizer com precisão quais foram as suas experiências e o que de fato você aprendeu. Mas podem ser a prova de que, independente do que aconteceu, fomos até o fim - e conseguimos!

Sempre teremos motivos para desistir, para desanimar, para postergar ou abandonar sonhos e projetos. A questão é: como devemos reagir diante dos empecilhos e injustiças que querem nos afastar daquilo que mais desejamos?

Enfim... acho que ainda não entendi completamente que vou finalmente me formar, hahaha! Mas O mais engraçado é que já estou pensando no que estudar num futuro próximo. É gozado! Passei o curso inteiro fazendo uma contagem regressiva para terminar, e agora quero começar outro curso de novo, rs. Vai entender!

Bem... mas finalmente terei mais tempo para postar aqui, quero dar uma arrumada no blog, mudar algumas coisas. Estou com saudades da galera que sempre vem aqui (Brasil, Argentina, Estados Unidos, China, Austrália, Rússia, Índia, Canadá, Espanha, Portugal, Coréia, Alemanha, Ucrânia, Letônia, Finlândia, Holanda, Noruega, Finlândia, Japão, Nova Zelândia, África do Sul...), espero retomar contato com vocês o quanto antes! :-)

Acho que é isso por enquanto, pessoal!

Que Deus abençoe muito vocês, é uma alegria estar de volta!
Desejo a todos um ótimo fim de semana!

Um super-abraço!

Vivian

sábado, 12 de abril de 2014

Qual marca você usa? (Parte 2)


Vou te dizer uma coisa: Jesus não quis saber qual era a sua marca. Ele quis dar a marca Dele para nós! A Palavra fala em 1 Coríntios 7:23 que Ele nos comprou por um alto preço: Sua própria vida!

Pois é! De modo figurado, podemos dizer que você não recebeu uma etiqueta barata (tipo aquelas etiquetas vermelhas que indicam a promoção de um produto)! Deus colocou em você a etiqueta mais bonita, do papel mais trabalhado, com o design mais bem feito, com o valor mais caro da loja. E Jesus pagou esse preço por você.

Jesus quer te vestir com as melhores marcas do mundo - e que nunca saem de moda.

1. Marca da Aliança - Gênesis 9:12-15 : Quando vier o dia ruim e tudo parecer como uma tempestade, lembre-se: Deus não se esqueceu da aliança que fez com você. Não importa qual seja a situação que você enfrentar, ela nunca poderá te destruir.

2. Marca da circuncisão - Romanos 2:29 : a circuncisão que Cristo quer realizar em nós é em nosso coração, para que todo sentimento e desejo contrário à Sua vontade não interfira na amizade que Ele quer ter conosco. Jesus veio para restaurar o relacionamento entre Deus e os homens, para nos levar novamente à Sua presença. Ele quer tirar tudo aquilo que nos afasta de Deus e que não nos faz bem (inveja, mágoas, baixa auto-estima, ódio, ingratidão...). Cabe à nós abrir espaço para Ele trabalhar! :-)

4. Marca da Adoção - Romanos 8:14-17: já aconteceu de você buscar um lugar onde pudesse se sentir em casa? A coisa que Deus mais quer é que desejemos ser Seus filhos! Ao contrário do que muitas pessoas falam, Deus não é uma pessoa impaciente ou vingativa. Ele é AMOR! E não importa quando ou onde você nasceu, nem qual sobrenome você tem ou se não tem sobrenome nenhum. Importa é que Deus desejou que você nascesse para Ele pudesse mostrar o quanto te ama, pelo simples fato de que Ele é seu Pai. Portanto, não se sinta pequeno ou desprezível, pois você é fruto do sonho de Deus, e nada pode mudar o quanto Deus ama você.

5. Marca do Sangue de Cristo  Êxodo 12:1-7,  21-29: a verdadeira Páscoa é a celebração da vida, pois Deus nos livrou daquele que queria fazer mal a nós, e Deus nos livrou da morte. Mal algum pode tocar em você ou na sua casa e naquilo que é importante para você. Deus tem controle sobre todas as coisas e o sangue de Jesus Cristo tem poder contra todas forças espirituais contrárias. Ele é a sua maior proteção contra qualquer inimigo.

6. Marca da Ressurreição - João 11:38-45 , Romanos 6:4-11 : tem coisas na nossa vida que nos magoaram profundamente e, talvez por não sabermos lidar com elas ou com a dor que causaram, foi muito mais fácil enterrá-las, colocar uma pedra em cima e fingir que nunca aconteceu. Porém, Jesus tem o poder de ressuscitar essas coisas. Não para que sintamos novamente aquela dor, mas para curar as nossas feridas.

Jesus também é um ótimo escritor, e Ele pode puxar uma "vírgula" onde você colocou um "ponto final". Ele pode trazer novos capítulos para a história que você já tinha colocado um fim, bem como escrever um novo final (não questione e nem duvide da criatividade de Deus para transformar todas as coisas).

Jesus também quer que nós experimentemos a ressurreição ainda em vida. Isso quer dizer que Ele quer nos ensinar a ser uma nova pessoa, de acordo com a imagem e semelhança de Quem te criou. Para ressuscitar, é preciso morrer, é preciso deixar morrer o que chamamos de "velho homem", isto é, a pessoa que éramos antes de conhecer a Cristo e sua nova maneira de viver.

Essa nova maneira de viver refere-se a caminhar com Jesus, a buscar a Sua vontade e o cumprimento de Seus propósitos nas nossas vidas, e a deixar de lado aquilo que não colabora com nosso crescimento e com o aperfeiçoamento que Deus tem para nós. É tempo de sermos pessoas diferentes, transformadas pelo poder e graça de Jesus!

7. Marca da Santidade - 1 Pedro 1:13-16:  As leis espirituais são bastante justas e claras: o pecado dá total permissão para o inimigo agir em nossas vidas e impedir o cumprimento da vontade de Deus (que é boa, perfeita e agradável). Por isso Jesus e o Apóstolo Pedro alertam sobre a necessidade de sermos santos. Ser santo é se separar daquilo que não vem de Deus, é se separar daquilo que faz com que pequemos e nos afastemos de Deus. A santidade ao Senhor vai nos levar a lugar que nunca imaginamos que pudessem existir, e também vai fazer com que vivamos coisas que nunca imaginamos alcançar!

8. Marca de Liberdade - Gálatas 5:1 ,13 ; 1 Pedro 2:16 :  acho que uma das maiores problemas que vivemos nos dias de hoje é as pessoas confundem LIBERDADE com LIBERTINAGEM, que são coisas muito diferentes. Deus não quer que você viva preso à regras que te impedem ou te diminuem. Ele nos deu o livre arbítrio, de fato, mas Deus deseja que tenhamos sabedoria para escolher aquilo que é BOM, aquilo que não gera consequências ruins, mas que produzem mais coisas boas.

Já conheceu alguém que mentiu sobre alguma coisa e depois não conseguia contar a verdade, e tinha que sempre encontrar uma forma de manter as aparências porque não conseguia se desfazer da mentira que contou? Ou já conheceu alguém que se envolveu com algo que parecia ser bom, mas que depois ficou claro que não passava de uma armadilha?

Jesus quer nos ensinar como é bom viver de acordo com a liberdade que Ele conquistou para nós. Com essa liberdade, não precisamos provar nada ao mundo e nem buscar aprovação ou nos prender ao que as outras pessoas pensam de nós, pois nós temos certeza de quem somos aos olhos do Pai.

Essa liberdade também mostra que só precisamos depender Daquele que nos amou. Nós não dependemos de pessoas, de situações favoráveis ou manipulações. Dependemos unicamente Daquele que conhece nossas necessidades e o que é melhor para nós. E eu oro para que possamos mergulhar cada vez mais nessa liberdade, bem como contagiar as pessoas ao nosso redor com essa leveza de espírito, para então descobrir como é bom viver sobre as asas do Espírito Santo...

9. Marca do Amor - João 3:16 : Eu conheço algumas pessoas que deixam de fazer o que gostam ou de ir a algum lugar por não terem roupa que consideram adequada. Mas a verdade é que não importa quais roupas você tem. Importa que o amor que Deus sente por você é muito maior e mais valioso do que qualquer outra coisa. Eu não consigo descrever com exatidão o que é o amor de Deus, pois a cada dia Ele resolve me ensinar uma coisa nova sobre como e quanto nos ama. Mas certamente posso dizer que:
- Ele nunca desiste de você.
- Ele te ama mesmo que você não goste Dele.
- O amor que Ele sente por você é incondicional, e nunca vai mudar.
- Deus te ama e adora conversar com você sobre qualquer assunto que você tiver vontade.
- Deus também gosta de ouvir os seus desabafos.
- Deus te amou tanto que enviou Jesus morrer na cruz antes mesmo de você nascer para que pudesse conhecê-Lo o mais rápido possível.
- O amor de Deus sempre nos constrange e nos incentiva a ser uma pessoa melhor e diferente.
- Seu amor sempre nos atrai para Sua presença, onde somos renovados, fortalecidos e aperfeiçoados.
- Você pode falhar, tropeçar e cair mil vezes ou mais, mas o amor Dele nunca vai falhar e vai muito além do que você pode pensar.
- ... enfim... ainda que eu escreva pelo resto de minha vida neste blog, nada seria suficiente para descrever o quanto Deus te ama. Então, eu deixo uma dica para você: busque VIVER este amor, senti-Lo todos os dias e amá-Lo da mesma forma. Assim você vai entender o significado do que é INFINITO.

10. Marca da Redenção - Romanos 8:1-2/13-14: assim como em nosso mundo material, o mundo espiritual também possui leis, e uma delas é bastante simples e clara: o salário do pecado é a morte, ou seja, quem não age com santidade, colherá morte por seus atos. Porém, Jesus se sacrificou para que pudéssemos nos arrepender de nossos erros e buscar Nele a nossa salvação. A salvação e o perdão estão acessíveis a todos nós, não importa o que você tenha feito. Se você crer no sacrifício e ressurreição de Jesus e reconhecer que Ele é Senhor, Ele irá te justificar e se libertar de toda condenação.


E a melhor parte é que você não precisa a nenhum shopping para ter tudo isso. Tudo o que Jesus espera de volta é somente o seu coração! :-)

Vistam seus corações e espíritos de forma diferente a partir de agora! Deus tem mais!

-----------------------------------------------»
Esta é a segunda parte da mensagem "Qual marca você usa?". 
Não deixe de conferir a primeira parte desta mensagem! :-)

domingo, 2 de março de 2014

Qual marca você usa? (Parte 1)

Hoje no ônibus, estava ouvindo uma mãe falar de seu filho. Ele só quer usar roupas de marcas famosas e caras, e insiste para que ela pague pelas roupas que ele quer, mesmo sem ter condições financeiras para arcar com tal capricho.

A história desse filho é a mesma história de muitas outras que já ouvi. Pessoas que gastam o que não têm, para ostentar uma imagem que não é delas, para ser aquilo que elas não são, para agradar pessoas de quem elas não gostam e que também não gostam delas.

Ainda no ônibus, enquanto aquela mãe reclamava do filho e das dívidas que ela tinha que pagar, comecei a me lembrar de quando era criança.

Minha família passou por muita dificuldade, mas meus pais sempre lutaram bastante para sustentar a casa da melhor forma possível, mesmo sem ter dinheiro. Lembro de minha mãe explicando que ela tinha pouco dinheiro para comprar roupas:
- Vivian, eu só tenho R$ 30,00. O que você prefere fazer? Se a gente for ao shopping, conseguiremos comprar uma peça de roupa. Se formos ao centro da cidade, as roupas não serão de marca, mas conseguiremos comprar mais coisas.

E assim ela fazia para tudo: roupa, comida, brinquedos, passeios...

Pois é! Na minha infância e adolescência, não tive roupas de marcas famosas. Mas tive roupas com as melhores marcas do mundo: marca de trabalho, marca de esforço, marca de carinho, marca de atenção, marca de preocupação, marca de zêlo, marca de sonho, marca de amor.

E o que mais me preocupa é ver pessoas lindas, jovens, com saúde, com um futuro brilhante pela frente, mas com um desespero enorme por ter coisas de marca simplesmente para serem aceitos, para encontrar uma identidade e demonstrar que são alguém. Tudo isso não por quererem qualidade de um produto, mas para esconder as marcas que eles têm dentro de si próprios: marcas de rejeição, marcas de solidão, marcas de desprezo, marcas de medo, marcas de insegurança, marcas de baixa auto-estima e da busca por uma aceitação insaciável.

A coisa mais valiosa que pode existir hoje é VOCÊ! O seu nome próprio vale muito mais do mais que as marcas que você quer usar, pelo simples fato de você ser único e insubstituível. Ninguém mais no mundo pode ser você além de você mesmo. E Deus não te ama por causa das coisas que você tem ou pelo que pode oferecer. Ele te ama simplesmente pelo que você é: pelo que você pensa, pelo que você sente, e pelo que você faz. Se não te amasse do jeitinho que você é, não teria perdido tempo e esforços para te criar e fazer você chegar até onde chegou.

Para cada pessoa que se esforça em ter produtos de marca, tenho vontade de lhe mostrar um espelho para que ela enxergue quem realmente é. Não para diminuir a pessoa ou constrangê-la, mas para que ela perceba que não depende de marca nenhuma para ser uma pessoa boa. Não depende de marca nenhuma para ter qualidades. Não depende de marca nenhuma para ser querida. Não depende de marca nenhuma para ser alguém. E se acha que depende disso, é porque não conhece a si mesma.

Ah, se você soubesse o valor que você tem... Deseje conhecer e ter compreensão plena do que significa "ser comprado por alto preço"...  porque foi isso o que Jesus fez por você.

-----------------------------------------------»
Esta é a primeira parte de dois posts. 
Não deixe de conferir a sequência desta mensagem. Até lá! 

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Carta de Amigos: a crise da Mulher Maravilha


Olá, pessoal! Como estão vocês? Tudo certinho por aí?

Hoje eu quero escrever para as minhas amigas mulheres! Claro, os rapazes também podem ler, pois se aplica a vocês também.

Estava conversando nessa semana com minha amiga Lind. Na nossa sociedade, a mulher tem bastante espaço e pode ser independente para assumir desafios, lutar pelo que queremos e fazer grandes coisas. Isso é muito bom, mas estávamos falando também sobre um ponto negativo: o fato de muitas vezes confiarmos na nossa própria força.

Somos tão independentes, temos tanta força para lutar pelas coisas que queremos realizar, que muitas vezes nos perdemos no que era para ser nossa qualidade. E o que era para ser uma coisa boa acaba se tornando o nosso fim, porque nos fechamos para a voz de Deus e esquecemos que dependemos Dele para tudo.

E a pior coisa que pode acontecer com quem está acostumado a fazer e resolver todas as coisas é não conseguir alcançar um objetivo, ou não saber como resolver e não enxergar nenhuma saída para aquela situação. Por fora, existe a imagem de uma pessoa forte e decidida. Por dentro, uma pessoa com medo. Medo de se frustrar, medo de perder, de não conseguir, se ficar só, medo do que os outros vão pensar. Medo de muita coisa que só traz ainda mais confusão e incertezas.

E o que eu quero falar é: Meninas lindas do meu coração, nós NÃO SOMOS a Mulher Maravilha! Ainda dependemos do nosso Pai das Luzes (Tiago 1:17)

Eu me identifico muito com o Buck (a doninha de "Era do Gelo 3"): segura o facão com os dentes, pula num cipó, parte pra cima e manda bala!! Só que às vezes eu tenho que segura as rédias da minha alma e fazer que nem o pessoal do interior: "Ôôuuaa"!

Porque precisamos aprender a nos entregar nas mãos de Deus e confiar Nele (Salmo 37:4-5). É difícil, principalmente quando a gente acha que consegue resolver tudo sozinho, que tudo está ao nosso alcance e ao alcance do nosso planejamento, hehe.

A gente chega num momento da nossa caminhada com Deus onde precisamos reaprender a exerce a nossa fé, reaprender a orar, reaprender a buscar a Deus e adorá-Lo em espírito e em verdade, reaprender a exercer nossa autoridade espiritual e reaprender a  ouvir e obedecer a Deus. E isso só acontece quando nos santificamos. Isso significa ter uma conversa muito séria com Deus.

Um dia eu perguntei pra Deus o que Ele gostava e o que Ele não gostava em mim. Perguntei também como Ele me enxergava (porque eu me enxergava conforme os meus defeitos - mas Deus nos enxerga conforme a constituição que Ele tem para nós). A gente precisa ajustar o nosso foco e lembrar que somos filhos e filhas do Senhor, e que não estamos sozinhos.

Se o Deus Criador do universo te ama até o último fio de cabelo (João 3:16) e está ao seu lado o tempo inteirinho, por que cargas d'água você vai insistir em fazer tudo com a força do seu braço???

Procure dar um tempo, pare tudo e tenha um momento de silêncio para se aproximar de Deus e ter essas conversas (que os cristãos chamam de "oração"). Se algo aconteceu que te magoou e é por causa dessa mágoa que você não consegue confiar em Deus, fale isso para Ele. As respostas para tudo o que você precisa estão Nele. Sempre estarão.

Deus nunca vai permitir coisas ruins para  nos frustrar. Ele vai permitir para nos ensinar e para aperfeiçoar a obra Dele em nós. Enquanto não sabemos aonde Deus quer nos levar, vamos buscar caminhar na direção que sabemos que Ele quer que a gente siga. Precisamos buscá-Lo mais e nos desfazer das nossas certezas humanas para deixar Deus falar e fazer o que Ele quer fazer.

A nossa vida é um louvor a Deus, e precisamos deixá-Lo nos conduzir. Não tem problema se você não souber como as coisas serão daqui pra frente. Importa é que Deus sabe. E a paz sempre será árbitro para todas as coisas, vai ser a resposta de Deus para tudo.

Ainda que algo terrível tenha acontecido, está tudo bem se você tiver perdido tudo!

Jó perdeu no mesmo dia a família, os bens e a saúde, mas Deus tinha uma coisa pra ele, chamada RESTITUIÇÃO. E restituição não é devolver o que foi roubado apenas. É entregar uma porção NOVA e MELHOR do que a que foi roubada.

Eu não sei como vai ser isso, eu só que o que está por vir vai ser muito melhor e que vai ser muito louco!!

Então, lembre do teu chamado, dos teus dons e dos teus sonhos. A nossa realização pessoal é estar no Altar do nosso Pai, fazendo aquilo que Ele sonhou que fizéssemos. Então, enquanto o teu sonho ainda não acontece, edifique vidas, ajude as pessoas que estão do seu lado. Vá se alimentar da Palavra de Deus e se encher do Espírito Santo.

Não se renda às chateações e acusações que vem pra dizer que você não deu certo e apontar as coisas que você fez de errado. Quando a gente realmente entende o que satanás quer fazer na nossa vida, a gente pára de dar ouvidos a ele e não entra no jogo. E quando sabemos o que Jesus quer fazer (João 10:10), nos posicionamos para lutar com as armas espirituais (oração e jejum).

Se as águas do teu coração estão muito agitadas, é hora de se acalmar. Senão, você não vai enxergar Jesus vindo pra acalmar a tempestade. Ele vai entrar nesse barco com você, Ele vai colocar tudo em ordem.

Não adianta querer salvar o mundo enquanto sua vida estiver uma bagunça fora de controle! Enquanto o sofá estiver no banheiro, o fogão estiver na sala, a geladeira estiver no quarto, tudo vai continuar confuso.

Então, tenha humildade para reconhecer que precisa Dele e chame Jesus para ajudar a colocar ordem na casa. Melhor que isso, Ele vai habitar nessa casa com você. O amor Dele por você não mudou. Nunca vai mudar. Então, não se preocupe em consertar nada. Quem vai consertar é Ele.

Preocupe-se apenas em saber quem você é aos olhos do Pai, e onde Ele quer que você esteja. As demais coisas, Ele vai fazer, Ele vai restaurar, Ele vai consertar, Ele vai restituir. Ele vai te honrar (Mateus 6:33). Tenha certeza!

No demais, se entregue. Se entregue a Ele como você nunca fez antes! Sem depender de ninguém pra se entregar e pra se derramar no Altar. A paz de Deus será teu árbitro.Vai ser simples assim <3

Tenham uma ótima semana! Abraços a todos!